Passeio BTT

A encosta sul da Serra da Estrela é sempre um local para excelentes passeios BTT. Para além de haverem diversos trilhos que permitem variadas escolhas, a paisagem é cativante.








Invernal 2014 - Guarda

Mais um ano corrido com um INVERNAL na Guarda feito.
É normal ser este o último grande passeio/maratona do ano na região da Serra da Estrela, e este ano não foi excepção, já que marcaram presença cerca de 400 participantes.

Como não podia deixar de acontecer, embora todas as previsões levassem a crer que o tempo iria estar nublado, acabou por estar de chuva quase desde o início de passeio até ao final. Só faltou a neve, mas este ano não estava assim tão frio como nos anos anteriores. 

Como sempre nos últimos anos, a organização esteve muito bem ao cargo do Clube de Montanhismo da Guarda, que a iniciar num "check-in" rápido e eficiente, termina com a recepção aos cansados (exaustos) BTTistas e termina com um almoço bem servido.

Em relação ao almoço, devo acrescentar que este ano de 2014, e muito bem, a opção por centralizar o almoço no pavilhão aqueceu o convívio, o que não acontecia nos anos anteriores com a necessidade de sair do local da festa para o almoço.

Parabéns e para o ano lá estaremos de novo com toda a vontade de pedalar em pleno INVERNAL!

Deixo-vos com 2 filmes, um pequeno excerto com alguns momentos que marcam todo o percurso da meia-maratona (feita devagarinho), que não dura mais de 7 minutos e um segundo "longa metragem" de cerca de 2 horas e meia que, para quem tem paciência, mostra que qualquer um mais ousado ou menos, com mais ou menos "pedaleira" consegue praticar BTT em adversas condições climatéricas! :)




Primeira CURTA METRAGEM



Segunda LONGA METRAGEM


Uma bela manhã de BTT

Num dia de um fim de semana instável, um pelo passeio de BTT até terras de Carvalhal (perto de Cortelha) representou um excelente exercício.
O final do verão é sempre uma época fantástica, onde todo o espaço está repleto de cores em tom acastanhado. Nos campos iniciam-se as colheitas e as vindimas estão mesmo à porta.

Última de Agosto

O último dia de Agosto ficou marcado por temperaturas muito elevadas acima dos 30C e pouco ou nenhum vento... isto para qualquer passeio de bicicleta é um martírio quando chegamos por volta do meio dia...
Um volta muito pequena só para rolar a bicicleta, em cerca de 1 hora, poucos quilómetros e sem puxar muito por estrada. Um percurso sempre agradável de fazer no final do verão só para recordar o cheiro dos campos de milho e ver as abóboras a ganhar cor e tamanho! :)




Linha às Pedras Lavradas

Depois de algumas semanas mais parado (exceção feita à Rota do Bacalhau), era necessário pensar em rolar e fazer quilômetros na Serra da Estrela.
O passeio de domingo, sempre que se tem pouco tempo, a melhor opção é subir às Pedras Lavradas por estrada! É um percurso com um desnível que proporciona um interessante acumulado de subida, com uma paisagem fantástica. A passagem por Unhais da Serra onde se pode tomar um café para repor energias.

Rota do Bacalhau 2014

Finalmente uma oportunidade de fazer a Rota do Bacalhau em Ílhavo.

Embora com um problema respiratório (alergia da época) lá se fizeram os 55km da Rota do Bacalhau num ritmo muito baixo (para não ter que puxar pelos pulmões).
Uma prova com muitos participantes que levou a que em muitos locais se aglomerassem ciclistas obrigando a andar a pé. Nas subidas (mesmo as mais leves) era normal ver muita gente a pé, o que condicionava o andamento... mas esta malta que sobe a pé, nas descidas perde por completo os travões :) depois é vê-los a grande velocidade... e algumas quedas aparatosas.

Parabéns à organização que com cerca de 1.000 participantes conseguiu que tudo corresse normalmente (pelo que me apercebi) e nem mesmo a enorme fila para o almoço foi tão demorada como se perspectivava pois o andamento era bastante bom (foi bom voltar à escola onde fiz o ensino secundário... velhas e boas recordações...).








11 de Maio

Um passeio pelo Alto de S. Gião, com direito a uma belas subidas em terra (algumas complicadas para quem tem menos preparação) é sempre uma oportunidade para uma manhã bem passada. Nestes locais, se algo corre menos bem é fácil chegar a uma povoação... é só descer! :)

Um grupo animado, uns mais do que os outros... :) já que a vontade de tanta subida era pouca, lá fez o esforço para chegar ao posto de vigia pela encosta com maior desnível...

No final, uma vista pelas cerejas que já começam a ficar pintadas na região (mais uns dias e estão no ponto...)!










V BTT Terras de Cabral - Belmonte

Um maravilhoso passeio de boa camaradagem.
Cada vez mais fã dos passeios guiados, acho que esta é a opção certa para uma bela manhã de diversão. Não querendo dizer com isto que as maratonas cronometradas devam desaparecer, muito pelo contrário, mas não devem ser a única opção para os BTTistas.

A Casa do Benfica de Belmonte está de parabéns pelo percurso e pelo convívio proporcionado com 2 abastecimentos e uma chegada em grande ao Castelo de Belmonte...











Passeio Sexta feira Santa

Um passeio em bicicleta de estrada também é uma bela forma de passar uma manhã. Desta vez foi ir virar à Meimoa numa manhã com muito calor (30C) de primavera.

Para quem normalmente pratica BTT, a bicicleta de estrada permite fazer muitos mais kms em menos tempo, mas com necessidade de maior resistência. As modalidades, em termos físicos, são um pouco diferentes no que respeita ao desgaste de calorias. Os esforços em BTT são muito maiores mas mais pontuais, enquanto em bicicleta de estrada o esforço é mais contínuo embora em menor intensidade.

Para amadores, uma volta de estrada a rondar os 80km é um bom treino de resistência que feito na região da Serra da Estrela (onde as altitudes são sempre mais elevadas) traz sempre maiores dificuldades. Há que saber muito bem controlar muito bem o esforço inicial assim como a respiração durante todo o percurso, pois a atmosfera com ar rarefeito necessita de uma maior coordenação para captar o oxigénio necessário.














II Passeio BTT Unidos por uma causa CHCB

Mais um excelente passeio proporcionado pelo CHCB na Covilhã.

Um passeio muito descontraído com excelentes paisagens, que todos já vamos conhecendo mas que sabe sempre bem desfrutar nos primeiros dias de primavera (sem chuvas).

Com a Serra da Estrela nevada no seu topo sempre como pano de fundo, lá se fizeram os 40 km da meia-maratona, finalizada com um belo almoço.








Acima do Alto de S. Gião

Hoje o passeio tinha que ser BTT, pois com o fim do período de chuvas (esperamos) o tempo estava ideal para pedalar por meio de lama e mato! ;)
Uma subida ao monte acima do Alto de S. Gião com direito a uma vista fantástica sobre a Covilhã/Fundão e Verdelhos/Vale da Amoreira (uma para cada lado) é um espetáculo difícil de descrever.